terça-feira, 14 de março de 2017

Capítulo 8 {Malucas dá mesa 6}

No capítulo anterior...

"Manu: Senta, que a bomba é grande!-Ela disse me empurrando pro sofá! 
-O que aconteceu? Porque tá com essa cara?-Eu disse perguntando pra Jô. 
Jô: Eu descobri uma coisa hoje à tarde! 
-Que coisa? Do que vocês estão falando? 
Jô: Drogas!" 
  
-Como assim drogas?-Eu disse assustada, com medo do que poderia ser! 
Jô: Depois que a gente voltou do Mac, eu fui na sorveteria comprar um pote aqui pra casa. Quando eu estava voltando, passei perto de uma rua apertadinha, parecia um bequinho. E eu vi a Miley e o Luke lá. 
-FAZENDO O QUE?-Disse com os olhos arregalados. 
Jô: Usando drogas! 
-Misericórdia!-Disse arregalando os olhos e colocando a mão na boca, assustada com o que tinha escutado! 
Jô: Fiquei muito mal quando vi aquilo...-Ela disse com os olhos cheios de lágrimas! 
-Você tá... Chorando?-Disse meio abobada com aquilo!-Ai meu Deus!- Arregalei os olhos e levei a mão até a boca. 
Manu: Jô, você gosta dele... 
Jô: Sim... -ela disse se entregando as lágrimas e soluços- Eu juro que não queria, mas aconteceu... Quando me dei conta já estava perdida naquela imensidão azul que me olhava com um sorriso bobo me dando "oi". 
Manu: Nossa... Mas ele... Namora.-Ela disse meio triste. 
Jô: Eu sei, e isso é o que me machuca mais. Não queria me apaixonar por uma pessoa comprometida, muito menos sendo minha amiga. 
-Olha, eu sei que é complicado. Ainda mais pelo seu contato com a Lary. Mas eu acho que o relacionamento deles não vai pra frente não viu... Será que a Laryssa sabe que ele tá se drogando?-Elas me encararam com um olhar pensativo. 
Manu: Eu acho que não, ela não tem cara de quem aprovaria isso! 
Jô: Ele precisa de ajuda, gente. E a Miley também!-Ela disse desesperada se levantando! 
-Não podemos fazer nada com cabeça quente gente. Vamos sentar e pensar em algo.-Sentamos no sofá e resolvemos não fazer nada por enquanto. Tomamos nosso sorvete e fui pra casa com aquela bomba nas mãos... Taylor me achou estranha assim que me viu entrar mas eu preferi não falar nada. Fui para o meu quarto, entrei no chuveiro e logo depois tentei descansar. Assim que estava começando a cochilar, recebi uma ligação. 
~Ligação on~ 
-Alô?
Xx: Nessa?-Disse uma voz grossa do outro lado da linha. Mas uma voz que eu não me importaria de ouvir todos os dias. 
-Zac? 
Zac: Acertoooou!-Ele disse rindo com voz de neném. Acabei rindo junto pelo tom que ele falou mas logo resolvi render o assunto né?! 
-Porque me ligou a essa hora dá madrugada? 
Zac: São 19:30 Vanessa, não pira!-Pode sentir os olhinhos azuis dele revirando do outro lado dá linha. 
-Eu estava dormindo, então pra mim é madrugada. Mas vai logo ao ponto, o que você quer? 
Zac: Então... Eu queria te levar em um lugar. 
-Tá me chamando pra sair Zachary? 
Zac: Não exatamente... Mas se você quiser, a gente sai!-Ele disse rindo.
-Então se não tá me chamando pra sair, quer me levar pra onde? 
Zac: Troca de roupa que já você fica sabendo! 
-Tá né... Tchau!
~Ligação off~ 
Desliguei o celular sem nem esperar ele falar algo, me empolguei com essa ligação... Onde será que ele vai me levar? Troquei de roupa o mais rápido que consegui e quando desci ele já tava na porta de casa conversando com o Taylor. 
Zac: Sua sem educação, precisava desligar na minha cara? 
-Sim, quem mandou não dizer o que vai mostrar. A escolha foi sua. E é melhor a gente ir logo antes que minha curiosidade te impurre das escadas pra você aprender a parar de fazer hora com a minha cara. 
Zac: Nossa, agressiva!-Ele disse levantando as mãos e fazendo voz de deboche. 
-Você não viu nada. Vamos logo!-Disse empurrando ele de dentro do AP! Assim que ele estacionou o carro, eu estranhei. Pois ele parou em frente a uma escola.-Tá me trazendo pra cá porque? Tenho cara de burra? 
Zac: Tem sim, mas não foi por isso que te trouxe. Quero te mostrar algo lá dentro.  Algo lindo... 
-Algo lindo? Dentro dá escola? Só se for as comidas dá cantina, porque de resto, não tem nada de lindo dentro desse lugar. 
Zac: Deixa de ser enjoada Vanessa, vamos logo.-Descemos do carro e entramos na escola, fui seguindo o Zac e palpitando o caminho inteiro de como estava sendo insuportável ficar dentro daquela escola. Até que ele sussurrou "chegamos" e começou a subir umas escadas. Fui logo atrás dele e me deparei com um dos lugares mais bonitos que já vi na vida.-Bem vinda ao meu esconderijo secreto...

-Meu Deus, que lindo!-Disse encantada com aquilo. Era maravilhoso. Um jardim, no telhado dá escola. Só o Zac pra inventar uma coisa dessas né...-Você que fez isso? 
Zac: Lógico-e sorriu- que não né Vanessa. Olha pra minha cara e vê se eu tenho paciência pra montar isso tudo. 
-GROSSOOOO! Mas sério, esse lugar é seu mesmo. 
Zac: Bom, não exatamente né... Mas venho aqui quando preciso pensar, orar, quando estou angustiado ou com medo. Vinha sempre pra cá quando estudava aqui e queria matar aula. Não aguentava aquela professora de química falando na minha cabeça.
-Entendi-Disse rindo e cruzando os braços...-Mas então né... Porque me trouxe pra cá? 
Zac: Assim que eu me mudei pra cá, tinha acabado de aprontar com você... E quando vinha aqui para o Jardim, ficava refletindo sobre isso. Então sempre quando entro aqui lembro de você, e queria que você conhece esse lugar... 
-Nossa, eu amei aqui! É muito lindo. É bom pra conversar, descansar e até matar aula.-Disse rindo meio sem graça pois o Zac não parava de olhar pra mim e eu já estava ficando envergonhada.-Porque tá me olhando tanto? 
Zac: Porque gosto de ver como você é linda...
-Ah, normal. Todos gostam!-Disse rindo
Zac: Haha, engraçadinha.-Ele disse revirando os olhos.-Eu trouxe comida...
-Obrigada, mas não tô com fome.
Zac: Mas você vai comer, porque eu mesmo fiz.
-Curuzes... Agora que não como mesmo! 
Zac: Vanessa deixa de ser antipática! Senta e aí é come logo.-Ele disse enquanto comia. Realmente a comida estava maravilhosa. Umas das coisas que o Zac sabe fazer de melhor, é cozinhar. Ficamos deitados no jardim olhando as estrelas e depois não lembro de mais nada. Apenas uma voz me gritando "VANESSA". Levantei assustada e quando me deparei, estava dentro do meu quarto. Com a Stella gritando na porta. 
Stella: São 11:30 dá manhã. Você já perdeu a faculdade mas eu não tô afim de perder o meu almoço. Dá pra levantar e me ajudar? 
-Você foi pra escola?-Disse apertando os olhos por conta dá claridade que entrava dentro do meu quarto. Ainda estava meio zonza e tentando colocar as ideias no lugar. 
Stella: Fui sim, o Taylor me levou antes de ir pra faculdade. Eu falei pra ele te acordar, mas ele disse que você tinha chegado tarde. 
-Como eu cheguei aqui? 
Taylor: O Zac te trouxe no colo porque você tava em sono profundo. E a propósito, bom dia!-Ele disse entrando no meu quarto do nada. Nem consegui ouvir a porta lá de baixo se abrindo quando ele voltou dá faculdade. 
Stella: Levanta logo Vanessa!-Ela disse puxando a minha coberta pra fora dá cama. 
-Você é insuportavelmente chata!-Eu disse emburrada enquanto levantava e ia direto para o banheiro, escovar os dentes.  Bati a porta e pude ouvir "Só não bate a porta assim quando casar com o Zac viu? Pra não correr o risco dele te largar" Stella dizia em meio a gargalhadas. Logo abri a porta e retruquei.-Não vou casar com o Zac garota, não pira. Somos apenas bons amigos. 
Stella: Uhum, e eu sou a Megan Fox!-Ela disse correndo do quarto quando ameacei jogar a almofada na cara dela. 
Taylor: Ela tem razão, viu? 
-Razão em que?-Disse fingindo de boba, mas sabia exatamente o que se tratava. 
Taylor: Você ainda gosta dele Vanessa, para de se fazer de boba. 
-Não gosto nada. Caso passado, encerrado!
Taylor: Pode negar pra mim a vontade. Você tá mentindo pra você mesma...-Ele disse enquanto levantava dá minha cama e ia em direção a porta.-E vê se anda logo, to morrendo de fome. 
-Tá, já vou...-Ele saiu, eu corri pra minha cama e peguei o celular. Digitei uma mensagem e enviei para a Manu e Ash. Meio desesperada! Logo em seguida a Ash me ligou! 
~Ligação on
Ash: O que foi menina? 
-Preciso muito conversar com você e a Manu. É muito sério! 
Ash: Quem morreu?-Ela disse assustada do outro lado dá linha. 
-O sentimento de decepção que eu tinha, ele morreu. E agora tá nascendo um de amor... Ash, eu odeio o seu irmão! Eu não posso fazer isso. Eu não quero sofrer outra vez! 
Ash: Ai meu Deus, vamos conversar pessoalmente, viu? As 13:00hrs no shopping. Pode ser? 
-Marcadinho! Até daqui a pouco.
~Ligação off
Liguei para a Manu e expliquei que precisava conversar com ela também. Não dei detalhes mas marquei o shopping pra explicar tudo direitinho. Entrei para o banheiro e logo em seguida desci pra ajudar a Stella com o almoço. Fiz qualquer coisa rápida pra não me atrasar, comemos todos em silêncio mas disse que ia sair, e minha irmã logo se animou! 
Stella: Deixa eu ir, Nessinha. Por favor!-Ela disse se ajoelhando e juntando as mãos.
-Você não sabe nem pra onde eu vou menina! 
Stella: Que se dane, eu preciso sair de dentro desse apartamento. 
-Tá bom, mas não quero você muito colada em mim! Leva uma amiga e vai se divertir com ela, enquanto eu resolvo meu problema com as meninas. 
Stella: Zachary is th--e problem!
-Olha menina, você para de me irritar. Caso contrário você nem passa naquela porta!
Stella: Ok, desculpa.-Ela disse rindo.- Mas a gente vai pra onde mesmo? 
Taylor: Shopping!-Ele disse com vozinha de menina, revirando os olhos e mexendo as mãos.

-Mano, você é ridículo kkkkk
Taylor: Sou mesmo!-Ele disse rindo.
-Vai se arrumar Stella, anda!-Eu disse enquanto subia as escadas correndo pra me arrumar. 30 minutos depois eu estava pronta. Minha irmã já me esperava jogada no sofá dá sala dizendo o quanto eu demoro pra me arrumar.-Será que a Manu já foi? 
Stella: Acho que sim! Eu ouvi a porta dela bater. 
-Ótimo, então vamos!-Pegamos um táxi e fomos até o shopping. Chegando lá começamos a procurar as meninas, e onde a Stella passava, ela dizia "Eu quero" "Eu preciso", que vontade de esganar ela. Foi fácil encontrar as meninas. Na praça de alimentação, óbvio. 
Ash: Nessa, que bom que você chegou, estamos mega curiosas pra saber o que é. Ixi, porque você trouxe ela? 
-Até agora eu também tô tentando entender.-Eu disse revirando os olhos.-Stella você não disse que ia chamar uma amiga sua? 
Stella: Eu chamei! Ela já deve estar vindo, vou ligar pra ela. 
Xx: Não precisa, já cheguei.-Ela disse sorridente, aparecendo atrás de mim.
-Que susto garota! Brotou de onde em?-Disse colocando a mão na altura do coração e suspirando. 
Xx; Desculpa, eu não queria assustar você. 
-Tudo bem, desculpa eu, por ter sido tão grossa. Bom, eu sou a Vanessa. 
Xx: Ah, sim. Eu sou a Sammi, amiga dá Stella! 
-Graças a Deus, me faz um favor, tira ela daqui! Eu tô precisando muito conversar com as meninas, e ela tá me atrapalhando.-Disse sorrindo.
Stella: Deixa de ser mentirosa, a gente acabou de chegar. 
-Anda logo Stella, vai comprar as coisas que você tanto precisa, vai!-Sai empurrando as duas pra fora dá praça de alimentação. Voltei correndo pra mesa onde as meninas estavam e sentei. Elas já me encararam com os olhinhos brilhando de curiosidade. 
-Antes de contar, eu necessito de um cheddar, com batata grande e uma coca grande também.-Elas olharam uma pra outra e fecharam a cara pra mim.-Quem esperou até agora, espera mas três minutos pra eu pegar meu lanche, calma.-Levantei dá mesa e deixei as duas me xingando de tudo que é coisa lá na mesa. Fui pra fila e eles demoraram mais do que eu pensei... Dez minutos depois voltei pra mesa, e elas faltaram me matar.-Calma, não foi culpa minha!-Disse com a boca cheia de batata.  
Manu: Vanessa, você não almoçou não? 
-Lógico que almocei, faz mais ou menos uma hora.
Manu: Nossa, como você aguenta?
-Querida, um cheddar é um cheddar. Eu sinto o cheiro dele de longe. Parece que meu estômago fica sussurrando pra mim "Me coma, me coma!" Eu apenas obedeço. 
Ash: Ok, coma a vontade. Mas agora PARA DE ENRROLAR!-Ela gritou e todo mundo olhou pra nós. 
-Eu juro que sair com você é um dos momentos mais constrangedores dá minha vida. 
Ash: Vou entender como um elogio. Agora desembucha! 
- Tá! Então... Eu e o Zac estamos tentando ser amigos. Tá sendo até divertido e tá funcionando. Só que toda vez que eu vejo ele, é como se um pouquinho daquele sentimento ainda estivesse vivo em mim, sabe? Eu sinto meu estômago revirar e fico lembrando dá época que a gente namorava, entre aspas né, porque aquilo não foi bem um namoro. 
Ash: É claro que foi. Não fala isso! Mesmo quando você sofria, não podia falar que não era um namoro. Ele te fez feliz por um tempo amiga! É isso você não pode negar!
-Era tudo por aposta! 
Ash: Mas não importa, Nessa. Você não sabia que era uma aposta, você era feliz com ele. E não negue isso. 
-Eu nem consigo negar... Ele foi o garoto que eu dei primeiro beijo, ele foi o meu primeiro amor... E hoje eu olho pra ele, e ele tá tão diferente. Com o caráter transformado. Ele amadureceu, e ficou mais lindo do que era.-Disse com um sorriso bobo.
Manu: Que gracinha vocês dois. Se casem, por favor. 
-O que eu faço gente?-Disse meio desesperada.-Eu não vou falar pra ele do que eu sinto. Ontem a gente saiu... 
Ash: VOCÊS O QUE? 
Manu: PARA DE GRITAR, ASH! COMO VOCÊ NÃO CONTOU ISSO PRA GENTE? 
Ash: PARA DE GRITAR, MANU!-Nessa altura a praça de alimentação inteira já estava em silêncio olhando pras três malucas na mesa seis. 
-Eu juro que se vocês derem mais um grito eu levanto e vou embora.-Eu disse sussurrando e escondendo o rosto. 
Manu: Desculpa aí gente, não vamos gritar mais não. Podem voltar aos seus afazeres.-Ela disse em um tom mais alto para que todos pudessem ouvir. 
Ash: "Afazeres"-Ela disse tendo crise de riso.- De onde você tirou essa palavra menina? 
Manu: Sou uma moça recatada, querida.-Ela disse dando um beijinho no ombro.-Mas agora desimbucha, Vanessa.
Xx: Com licença!-Disse um homem grande e forte em frente a nossa mesa. 
-Pois não?-Perguntei curiosa. 
Xx: Eu sou segurança aqui do shopping, e as senhorinhas dá mesa vinte pediram a gentileza de vocês falarem um pouco mais baixo, pois elas estão aqui justamente para fugirem das gritarias dos netos delas. É bom, o resto dá praça de alimentação agradece se vocês puderem fazer isso.
Ash: Desculpa, não vai se repetir.-Ela disse sussurrando para o segurança. 
Xx: Ok, obrigado!-Ele sorriu e se retirou. 
-Nossa...-Eu disse começando a rir, tentando entender o que tinha acabado de acontecer.-Coitados dos netinhos delas. 
Ash e Manu: Coitados mesmo.-Elas disseram rindo e do nada a Ash ficou séria.
Ash: Você tá tentando nos enrolar. Fala logo o que você tem pra falar Vanessa. E não use as velhinhas como desculpa! Respeite as pessoas anciãs!-Ela disse e eu ri mais ainda.
-Ok, vou respeirar! E enfim, ontem ele me ligou, e disse que tinha algo pra me mostrar... Mandou eu me trocar e sair. Aí ele me levou até a escola, e ao "esconderijo secreto" dele.-Disse enquanto fazia aspas no ar. 
Manu: Que esconderijo? 
Ash: Meu irmão tem um esconderijo secreto e nunca me contou?-Ela disse fazendo cara de indignada.
-Pois é, né. Ele só leva as especiais.-Disse rindo e debochando, depois acabei levando um tapa.-Nossa, agressiva!-Disse rindo mais ainda. 
Manu: Olha, eu acho que você deve esperar. O que tiver de ser vai ser. Só deixa as coisas irem acontecendo... Escuta a voz de Deus, ele vai falar no seu coração. 
Ash: Ui, belas palavras. Senhorita, recatada.
-Tenho certeza que ele vai falar... Ele tem escutado minhas orações! Obrigada, meninas. Não sei o que seria de mim sem vocês.-Eu ri com lágrimas nos olhos, e abracei as duas. Saímos dali e fomos fazer compras, encontramos com a Stella e a Sammi e elas tinham passado pelo salão de beleza do shopping. 
Ash: Estão tão arrumadinhas que parecem até gente.-Elas reviram os olhos. 
Manu: Esse momento merece até uma foto. Juntem vocês duas.
-Que gracinha, agora vamos embora né? Já são sete horas dá noite. 
Stella: E o sorvete? 
-Que sorvete menina? 
Sammi: Nenhuma ida no shopping é concluída sem um sorvete. Nem que seja aquelas casquinhas de 1,50.
-Afs, vamos lá então.-Compramos os sorvetes e as meninas ficaram felizes. Depois disso fomos embora. Sammi acabou indo com a gente, pois iria dormi lá em casa! Assim que chegamos, elas foram fazer brigadeiro e pipoca pra vermos filme. Eu fui para o meu quarto tomar um banho, e quando sai do banheiro encontrei o Taylor jogado na minha cama com a maior cara de preocupado.-O que foi? 
Taylor: Eu acho que eu tô gostando dá Lary. O que eu faço, Nessa? 
-Bom, depende... Essas situações são complicadas.-Eu disser sentando na cama. 
Taylor: Eu sei, principalmente porque ela namora...
-Olha, namoro não é casamento. Pode ser que não dê certo pra eles. Só daqui um tempo nos vamos saber isso. 
Taylor: Ela meio que me olha diferente sabe? As vezes eu acho que ela pode até... Meio que sentir o mesmo por mim, sabe? 
-Eu já tinha reparado. Eu acho que vocês ainda ficaram juntos. Até porque o Luke precisa de outra pessoa... 
Taylor:Como assim, ele precisa de outra pessoa?
-Quando não é pra ser, tudo colabora para o relacionamento acabar... E várias situações provam isso! 
Taylor: Que situações? Vanessa, você tá sabendo de algo?-Ele disse levantando a sobrancelha. 
-Sim, e não! Não vou te falar.-Disse levantando e indo até o armário. 
Taylor: Qual é, Nessa? Somos irmãos! E mereço saber, tô aqui me abrindo pra você. 
-Eu sei, Taylor. Me promete que não vai falar nada, e nem fazer nada? 
Taylor: Prometo!-Ele disse se sentando na cama novamente. 
-A Jô viu o Luke e a Miley usando drogas aqui perto.-Ele arregalou os olhos e abriu a boca. 
Taylor: Mentira, né?
-Eu tenho cara de quem mente, criatura?-Me virei de volta para o armário e continuei mexendo nas roupas. 
Taylor: Lógico que não, eu só não tô acreditando ainda. Meu Deus! Nunca imaginei isso..
-Pois é, e tem mais! A Jô gosta dele! 
Taylor: Ah, isso eu já sabia! O jeito que ela olha pra ele entrega! E eu eu acho que ele também gosta dela! 
-Tá vendo? Tudo indica que não vai dar certo... 
Taylor: Verdade, nunca parei pra reparar nesses detalhes. Mas bom, vou esperar né... Vamos ver o que acontece. 
-Isso, o que tiver que ser, vai ser!-Ele levantou, me deu um beijo no rosto e saiu! Troquei de roupa e deixei meu celular carregando. Assim que desci as meninas estavam brigando com o Taylor pela pipoca. Elas colocaram o filme "Simplesmente acontece". Que vontade de socar aquelas duas, minha vida resumida em um filme. Fiquei quietinha me empaturrando de brigadeiro e pipoca. Assim que o filme acabou, me despedi deles e fui deitar, mas antes fiz a minha rotina diária. Li a Bíblia, orei e fui mexer no celular. Assim que liguei, vi que tinham 3 ligações perdidas do Zac, e um SMS. Gente, em terra de whats app, quem manda SMS é quase um príncipe! Mas enfim, entrei e estava escrito "Não sei se isso é bom, ou ruim. Mas eu não paro de pensar em você, meu coração dispara sempre que estamos juntos. E eu juro, dessa vez não é brincadeira." Assim que terminei de ler, meu coração parecia que ia sair pela boca. Só senti a lágrima escorrendo e o sorriso se formando. Apertei o botão de responder e comecei a digitar... "Eu não sei se é bom ou ruim, mas eu também não paro de pensar em você. E sim, também estou falando sério". Assim que terminei de escrever e enviar, apareceu que a mensagem havia sido lida. E ele disse, "Boa noite, minha linda ❤". Desliguei o celular e fui dormir. Dormir com o sorriso mais sincero do mundo, e a esperança de que um dia, a gente ainda vai dar certo. 

Yeeeeeeeeeeeeae meus amores, tudo bom com você? Eu espero que sim. Eu tô bem, graças a Deus. Peço desculpa pra vocês, várias coisas aconteceram comigo, e sabe quando a imaginação vai procurar espaço? Foi isso que aconteceu comigo. Mas bom, voltei com a empolgação de postar e espero que vocês gostem desse capítulo! Gente, peço pra estarem comentando, me falando o que estão achando dá Fic. É importante demais pra um escritor, saber o que estão achando dá sua história. Isso também tem tudo haver com a motivação... Bom, até a próxima galerinha, amo vocês ❤ 

3 comentários:

  1. Acho que vou ter um ataque cardíaco em... 3...2...1..*morri
    Kkkkkk
    Amei amei o capítulo..
    Posta logo..
    Tava com saudades

    ResponderExcluir
  2. Nhaaa olha só quem finalmente voltooou
    Pandinha que saudade dessa fic. E claro que tá maravilhosaaa... Zanessa tem que ir pra frente hein, Zac já foi muito babaca. Espero que dê tudo certo pro Taylor e pra Lary e também pro Luke e pra Jô ❤ continua❤

    ResponderExcluir