terça-feira, 14 de março de 2017

Capítulo 8 {Malucas dá mesa 6}

No capítulo anterior...

"Manu: Senta, que a bomba é grande!-Ela disse me empurrando pro sofá! 
-O que aconteceu? Porque tá com essa cara?-Eu disse perguntando pra Jô. 
Jô: Eu descobri uma coisa hoje à tarde! 
-Que coisa? Do que vocês estão falando? 
Jô: Drogas!" 
  
-Como assim drogas?-Eu disse assustada, com medo do que poderia ser! 
Jô: Depois que a gente voltou do Mac, eu fui na sorveteria comprar um pote aqui pra casa. Quando eu estava voltando, passei perto de uma rua apertadinha, parecia um bequinho. E eu vi a Miley e o Luke lá. 
-FAZENDO O QUE?-Disse com os olhos arregalados. 
Jô: Usando drogas! 
-Misericórdia!-Disse arregalando os olhos e colocando a mão na boca, assustada com o que tinha escutado! 
Jô: Fiquei muito mal quando vi aquilo...-Ela disse com os olhos cheios de lágrimas! 
-Você tá... Chorando?-Disse meio abobada com aquilo!-Ai meu Deus!- Arregalei os olhos e levei a mão até a boca. 
Manu: Jô, você gosta dele... 
Jô: Sim... -ela disse se entregando as lágrimas e soluços- Eu juro que não queria, mas aconteceu... Quando me dei conta já estava perdida naquela imensidão azul que me olhava com um sorriso bobo me dando "oi". 
Manu: Nossa... Mas ele... Namora.-Ela disse meio triste. 
Jô: Eu sei, e isso é o que me machuca mais. Não queria me apaixonar por uma pessoa comprometida, muito menos sendo minha amiga. 
-Olha, eu sei que é complicado. Ainda mais pelo seu contato com a Lary. Mas eu acho que o relacionamento deles não vai pra frente não viu... Será que a Laryssa sabe que ele tá se drogando?-Elas me encararam com um olhar pensativo. 
Manu: Eu acho que não, ela não tem cara de quem aprovaria isso! 
Jô: Ele precisa de ajuda, gente. E a Miley também!-Ela disse desesperada se levantando! 
-Não podemos fazer nada com cabeça quente gente. Vamos sentar e pensar em algo.-Sentamos no sofá e resolvemos não fazer nada por enquanto. Tomamos nosso sorvete e fui pra casa com aquela bomba nas mãos... Taylor me achou estranha assim que me viu entrar mas eu preferi não falar nada. Fui para o meu quarto, entrei no chuveiro e logo depois tentei descansar. Assim que estava começando a cochilar, recebi uma ligação. 
~Ligação on~ 
-Alô?
Xx: Nessa?-Disse uma voz grossa do outro lado da linha. Mas uma voz que eu não me importaria de ouvir todos os dias. 
-Zac? 
Zac: Acertoooou!-Ele disse rindo com voz de neném. Acabei rindo junto pelo tom que ele falou mas logo resolvi render o assunto né?! 
-Porque me ligou a essa hora dá madrugada? 
Zac: São 19:30 Vanessa, não pira!-Pode sentir os olhinhos azuis dele revirando do outro lado dá linha. 
-Eu estava dormindo, então pra mim é madrugada. Mas vai logo ao ponto, o que você quer? 
Zac: Então... Eu queria te levar em um lugar. 
-Tá me chamando pra sair Zachary? 
Zac: Não exatamente... Mas se você quiser, a gente sai!-Ele disse rindo.
-Então se não tá me chamando pra sair, quer me levar pra onde? 
Zac: Troca de roupa que já você fica sabendo! 
-Tá né... Tchau!
~Ligação off~ 
Desliguei o celular sem nem esperar ele falar algo, me empolguei com essa ligação... Onde será que ele vai me levar? Troquei de roupa o mais rápido que consegui e quando desci ele já tava na porta de casa conversando com o Taylor. 
Zac: Sua sem educação, precisava desligar na minha cara? 
-Sim, quem mandou não dizer o que vai mostrar. A escolha foi sua. E é melhor a gente ir logo antes que minha curiosidade te impurre das escadas pra você aprender a parar de fazer hora com a minha cara. 
Zac: Nossa, agressiva!-Ele disse levantando as mãos e fazendo voz de deboche. 
-Você não viu nada. Vamos logo!-Disse empurrando ele de dentro do AP! Assim que ele estacionou o carro, eu estranhei. Pois ele parou em frente a uma escola.-Tá me trazendo pra cá porque? Tenho cara de burra? 
Zac: Tem sim, mas não foi por isso que te trouxe. Quero te mostrar algo lá dentro.  Algo lindo... 
-Algo lindo? Dentro dá escola? Só se for as comidas dá cantina, porque de resto, não tem nada de lindo dentro desse lugar. 
Zac: Deixa de ser enjoada Vanessa, vamos logo.-Descemos do carro e entramos na escola, fui seguindo o Zac e palpitando o caminho inteiro de como estava sendo insuportável ficar dentro daquela escola. Até que ele sussurrou "chegamos" e começou a subir umas escadas. Fui logo atrás dele e me deparei com um dos lugares mais bonitos que já vi na vida.-Bem vinda ao meu esconderijo secreto...

-Meu Deus, que lindo!-Disse encantada com aquilo. Era maravilhoso. Um jardim, no telhado dá escola. Só o Zac pra inventar uma coisa dessas né...-Você que fez isso? 
Zac: Lógico-e sorriu- que não né Vanessa. Olha pra minha cara e vê se eu tenho paciência pra montar isso tudo. 
-GROSSOOOO! Mas sério, esse lugar é seu mesmo. 
Zac: Bom, não exatamente né... Mas venho aqui quando preciso pensar, orar, quando estou angustiado ou com medo. Vinha sempre pra cá quando estudava aqui e queria matar aula. Não aguentava aquela professora de química falando na minha cabeça.
-Entendi-Disse rindo e cruzando os braços...-Mas então né... Porque me trouxe pra cá? 
Zac: Assim que eu me mudei pra cá, tinha acabado de aprontar com você... E quando vinha aqui para o Jardim, ficava refletindo sobre isso. Então sempre quando entro aqui lembro de você, e queria que você conhece esse lugar... 
-Nossa, eu amei aqui! É muito lindo. É bom pra conversar, descansar e até matar aula.-Disse rindo meio sem graça pois o Zac não parava de olhar pra mim e eu já estava ficando envergonhada.-Porque tá me olhando tanto? 
Zac: Porque gosto de ver como você é linda...
-Ah, normal. Todos gostam!-Disse rindo
Zac: Haha, engraçadinha.-Ele disse revirando os olhos.-Eu trouxe comida...
-Obrigada, mas não tô com fome.
Zac: Mas você vai comer, porque eu mesmo fiz.
-Curuzes... Agora que não como mesmo! 
Zac: Vanessa deixa de ser antipática! Senta e aí é come logo.-Ele disse enquanto comia. Realmente a comida estava maravilhosa. Umas das coisas que o Zac sabe fazer de melhor, é cozinhar. Ficamos deitados no jardim olhando as estrelas e depois não lembro de mais nada. Apenas uma voz me gritando "VANESSA". Levantei assustada e quando me deparei, estava dentro do meu quarto. Com a Stella gritando na porta. 
Stella: São 11:30 dá manhã. Você já perdeu a faculdade mas eu não tô afim de perder o meu almoço. Dá pra levantar e me ajudar? 
-Você foi pra escola?-Disse apertando os olhos por conta dá claridade que entrava dentro do meu quarto. Ainda estava meio zonza e tentando colocar as ideias no lugar. 
Stella: Fui sim, o Taylor me levou antes de ir pra faculdade. Eu falei pra ele te acordar, mas ele disse que você tinha chegado tarde. 
-Como eu cheguei aqui? 
Taylor: O Zac te trouxe no colo porque você tava em sono profundo. E a propósito, bom dia!-Ele disse entrando no meu quarto do nada. Nem consegui ouvir a porta lá de baixo se abrindo quando ele voltou dá faculdade. 
Stella: Levanta logo Vanessa!-Ela disse puxando a minha coberta pra fora dá cama. 
-Você é insuportavelmente chata!-Eu disse emburrada enquanto levantava e ia direto para o banheiro, escovar os dentes.  Bati a porta e pude ouvir "Só não bate a porta assim quando casar com o Zac viu? Pra não correr o risco dele te largar" Stella dizia em meio a gargalhadas. Logo abri a porta e retruquei.-Não vou casar com o Zac garota, não pira. Somos apenas bons amigos. 
Stella: Uhum, e eu sou a Megan Fox!-Ela disse correndo do quarto quando ameacei jogar a almofada na cara dela. 
Taylor: Ela tem razão, viu? 
-Razão em que?-Disse fingindo de boba, mas sabia exatamente o que se tratava. 
Taylor: Você ainda gosta dele Vanessa, para de se fazer de boba. 
-Não gosto nada. Caso passado, encerrado!
Taylor: Pode negar pra mim a vontade. Você tá mentindo pra você mesma...-Ele disse enquanto levantava dá minha cama e ia em direção a porta.-E vê se anda logo, to morrendo de fome. 
-Tá, já vou...-Ele saiu, eu corri pra minha cama e peguei o celular. Digitei uma mensagem e enviei para a Manu e Ash. Meio desesperada! Logo em seguida a Ash me ligou! 
~Ligação on
Ash: O que foi menina? 
-Preciso muito conversar com você e a Manu. É muito sério! 
Ash: Quem morreu?-Ela disse assustada do outro lado dá linha. 
-O sentimento de decepção que eu tinha, ele morreu. E agora tá nascendo um de amor... Ash, eu odeio o seu irmão! Eu não posso fazer isso. Eu não quero sofrer outra vez! 
Ash: Ai meu Deus, vamos conversar pessoalmente, viu? As 13:00hrs no shopping. Pode ser? 
-Marcadinho! Até daqui a pouco.
~Ligação off
Liguei para a Manu e expliquei que precisava conversar com ela também. Não dei detalhes mas marquei o shopping pra explicar tudo direitinho. Entrei para o banheiro e logo em seguida desci pra ajudar a Stella com o almoço. Fiz qualquer coisa rápida pra não me atrasar, comemos todos em silêncio mas disse que ia sair, e minha irmã logo se animou! 
Stella: Deixa eu ir, Nessinha. Por favor!-Ela disse se ajoelhando e juntando as mãos.
-Você não sabe nem pra onde eu vou menina! 
Stella: Que se dane, eu preciso sair de dentro desse apartamento. 
-Tá bom, mas não quero você muito colada em mim! Leva uma amiga e vai se divertir com ela, enquanto eu resolvo meu problema com as meninas. 
Stella: Zachary is th--e problem!
-Olha menina, você para de me irritar. Caso contrário você nem passa naquela porta!
Stella: Ok, desculpa.-Ela disse rindo.- Mas a gente vai pra onde mesmo? 
Taylor: Shopping!-Ele disse com vozinha de menina, revirando os olhos e mexendo as mãos.

-Mano, você é ridículo kkkkk
Taylor: Sou mesmo!-Ele disse rindo.
-Vai se arrumar Stella, anda!-Eu disse enquanto subia as escadas correndo pra me arrumar. 30 minutos depois eu estava pronta. Minha irmã já me esperava jogada no sofá dá sala dizendo o quanto eu demoro pra me arrumar.-Será que a Manu já foi? 
Stella: Acho que sim! Eu ouvi a porta dela bater. 
-Ótimo, então vamos!-Pegamos um táxi e fomos até o shopping. Chegando lá começamos a procurar as meninas, e onde a Stella passava, ela dizia "Eu quero" "Eu preciso", que vontade de esganar ela. Foi fácil encontrar as meninas. Na praça de alimentação, óbvio. 
Ash: Nessa, que bom que você chegou, estamos mega curiosas pra saber o que é. Ixi, porque você trouxe ela? 
-Até agora eu também tô tentando entender.-Eu disse revirando os olhos.-Stella você não disse que ia chamar uma amiga sua? 
Stella: Eu chamei! Ela já deve estar vindo, vou ligar pra ela. 
Xx: Não precisa, já cheguei.-Ela disse sorridente, aparecendo atrás de mim.
-Que susto garota! Brotou de onde em?-Disse colocando a mão na altura do coração e suspirando. 
Xx; Desculpa, eu não queria assustar você. 
-Tudo bem, desculpa eu, por ter sido tão grossa. Bom, eu sou a Vanessa. 
Xx: Ah, sim. Eu sou a Sammi, amiga dá Stella! 
-Graças a Deus, me faz um favor, tira ela daqui! Eu tô precisando muito conversar com as meninas, e ela tá me atrapalhando.-Disse sorrindo.
Stella: Deixa de ser mentirosa, a gente acabou de chegar. 
-Anda logo Stella, vai comprar as coisas que você tanto precisa, vai!-Sai empurrando as duas pra fora dá praça de alimentação. Voltei correndo pra mesa onde as meninas estavam e sentei. Elas já me encararam com os olhinhos brilhando de curiosidade. 
-Antes de contar, eu necessito de um cheddar, com batata grande e uma coca grande também.-Elas olharam uma pra outra e fecharam a cara pra mim.-Quem esperou até agora, espera mas três minutos pra eu pegar meu lanche, calma.-Levantei dá mesa e deixei as duas me xingando de tudo que é coisa lá na mesa. Fui pra fila e eles demoraram mais do que eu pensei... Dez minutos depois voltei pra mesa, e elas faltaram me matar.-Calma, não foi culpa minha!-Disse com a boca cheia de batata.  
Manu: Vanessa, você não almoçou não? 
-Lógico que almocei, faz mais ou menos uma hora.
Manu: Nossa, como você aguenta?
-Querida, um cheddar é um cheddar. Eu sinto o cheiro dele de longe. Parece que meu estômago fica sussurrando pra mim "Me coma, me coma!" Eu apenas obedeço. 
Ash: Ok, coma a vontade. Mas agora PARA DE ENRROLAR!-Ela gritou e todo mundo olhou pra nós. 
-Eu juro que sair com você é um dos momentos mais constrangedores dá minha vida. 
Ash: Vou entender como um elogio. Agora desembucha! 
- Tá! Então... Eu e o Zac estamos tentando ser amigos. Tá sendo até divertido e tá funcionando. Só que toda vez que eu vejo ele, é como se um pouquinho daquele sentimento ainda estivesse vivo em mim, sabe? Eu sinto meu estômago revirar e fico lembrando dá época que a gente namorava, entre aspas né, porque aquilo não foi bem um namoro. 
Ash: É claro que foi. Não fala isso! Mesmo quando você sofria, não podia falar que não era um namoro. Ele te fez feliz por um tempo amiga! É isso você não pode negar!
-Era tudo por aposta! 
Ash: Mas não importa, Nessa. Você não sabia que era uma aposta, você era feliz com ele. E não negue isso. 
-Eu nem consigo negar... Ele foi o garoto que eu dei primeiro beijo, ele foi o meu primeiro amor... E hoje eu olho pra ele, e ele tá tão diferente. Com o caráter transformado. Ele amadureceu, e ficou mais lindo do que era.-Disse com um sorriso bobo.
Manu: Que gracinha vocês dois. Se casem, por favor. 
-O que eu faço gente?-Disse meio desesperada.-Eu não vou falar pra ele do que eu sinto. Ontem a gente saiu... 
Ash: VOCÊS O QUE? 
Manu: PARA DE GRITAR, ASH! COMO VOCÊ NÃO CONTOU ISSO PRA GENTE? 
Ash: PARA DE GRITAR, MANU!-Nessa altura a praça de alimentação inteira já estava em silêncio olhando pras três malucas na mesa seis. 
-Eu juro que se vocês derem mais um grito eu levanto e vou embora.-Eu disse sussurrando e escondendo o rosto. 
Manu: Desculpa aí gente, não vamos gritar mais não. Podem voltar aos seus afazeres.-Ela disse em um tom mais alto para que todos pudessem ouvir. 
Ash: "Afazeres"-Ela disse tendo crise de riso.- De onde você tirou essa palavra menina? 
Manu: Sou uma moça recatada, querida.-Ela disse dando um beijinho no ombro.-Mas agora desimbucha, Vanessa.
Xx: Com licença!-Disse um homem grande e forte em frente a nossa mesa. 
-Pois não?-Perguntei curiosa. 
Xx: Eu sou segurança aqui do shopping, e as senhorinhas dá mesa vinte pediram a gentileza de vocês falarem um pouco mais baixo, pois elas estão aqui justamente para fugirem das gritarias dos netos delas. É bom, o resto dá praça de alimentação agradece se vocês puderem fazer isso.
Ash: Desculpa, não vai se repetir.-Ela disse sussurrando para o segurança. 
Xx: Ok, obrigado!-Ele sorriu e se retirou. 
-Nossa...-Eu disse começando a rir, tentando entender o que tinha acabado de acontecer.-Coitados dos netinhos delas. 
Ash e Manu: Coitados mesmo.-Elas disseram rindo e do nada a Ash ficou séria.
Ash: Você tá tentando nos enrolar. Fala logo o que você tem pra falar Vanessa. E não use as velhinhas como desculpa! Respeite as pessoas anciãs!-Ela disse e eu ri mais ainda.
-Ok, vou respeirar! E enfim, ontem ele me ligou, e disse que tinha algo pra me mostrar... Mandou eu me trocar e sair. Aí ele me levou até a escola, e ao "esconderijo secreto" dele.-Disse enquanto fazia aspas no ar. 
Manu: Que esconderijo? 
Ash: Meu irmão tem um esconderijo secreto e nunca me contou?-Ela disse fazendo cara de indignada.
-Pois é, né. Ele só leva as especiais.-Disse rindo e debochando, depois acabei levando um tapa.-Nossa, agressiva!-Disse rindo mais ainda. 
Manu: Olha, eu acho que você deve esperar. O que tiver de ser vai ser. Só deixa as coisas irem acontecendo... Escuta a voz de Deus, ele vai falar no seu coração. 
Ash: Ui, belas palavras. Senhorita, recatada.
-Tenho certeza que ele vai falar... Ele tem escutado minhas orações! Obrigada, meninas. Não sei o que seria de mim sem vocês.-Eu ri com lágrimas nos olhos, e abracei as duas. Saímos dali e fomos fazer compras, encontramos com a Stella e a Sammi e elas tinham passado pelo salão de beleza do shopping. 
Ash: Estão tão arrumadinhas que parecem até gente.-Elas reviram os olhos. 
Manu: Esse momento merece até uma foto. Juntem vocês duas.
-Que gracinha, agora vamos embora né? Já são sete horas dá noite. 
Stella: E o sorvete? 
-Que sorvete menina? 
Sammi: Nenhuma ida no shopping é concluída sem um sorvete. Nem que seja aquelas casquinhas de 1,50.
-Afs, vamos lá então.-Compramos os sorvetes e as meninas ficaram felizes. Depois disso fomos embora. Sammi acabou indo com a gente, pois iria dormi lá em casa! Assim que chegamos, elas foram fazer brigadeiro e pipoca pra vermos filme. Eu fui para o meu quarto tomar um banho, e quando sai do banheiro encontrei o Taylor jogado na minha cama com a maior cara de preocupado.-O que foi? 
Taylor: Eu acho que eu tô gostando dá Lary. O que eu faço, Nessa? 
-Bom, depende... Essas situações são complicadas.-Eu disser sentando na cama. 
Taylor: Eu sei, principalmente porque ela namora...
-Olha, namoro não é casamento. Pode ser que não dê certo pra eles. Só daqui um tempo nos vamos saber isso. 
Taylor: Ela meio que me olha diferente sabe? As vezes eu acho que ela pode até... Meio que sentir o mesmo por mim, sabe? 
-Eu já tinha reparado. Eu acho que vocês ainda ficaram juntos. Até porque o Luke precisa de outra pessoa... 
Taylor:Como assim, ele precisa de outra pessoa?
-Quando não é pra ser, tudo colabora para o relacionamento acabar... E várias situações provam isso! 
Taylor: Que situações? Vanessa, você tá sabendo de algo?-Ele disse levantando a sobrancelha. 
-Sim, e não! Não vou te falar.-Disse levantando e indo até o armário. 
Taylor: Qual é, Nessa? Somos irmãos! E mereço saber, tô aqui me abrindo pra você. 
-Eu sei, Taylor. Me promete que não vai falar nada, e nem fazer nada? 
Taylor: Prometo!-Ele disse se sentando na cama novamente. 
-A Jô viu o Luke e a Miley usando drogas aqui perto.-Ele arregalou os olhos e abriu a boca. 
Taylor: Mentira, né?
-Eu tenho cara de quem mente, criatura?-Me virei de volta para o armário e continuei mexendo nas roupas. 
Taylor: Lógico que não, eu só não tô acreditando ainda. Meu Deus! Nunca imaginei isso..
-Pois é, e tem mais! A Jô gosta dele! 
Taylor: Ah, isso eu já sabia! O jeito que ela olha pra ele entrega! E eu eu acho que ele também gosta dela! 
-Tá vendo? Tudo indica que não vai dar certo... 
Taylor: Verdade, nunca parei pra reparar nesses detalhes. Mas bom, vou esperar né... Vamos ver o que acontece. 
-Isso, o que tiver que ser, vai ser!-Ele levantou, me deu um beijo no rosto e saiu! Troquei de roupa e deixei meu celular carregando. Assim que desci as meninas estavam brigando com o Taylor pela pipoca. Elas colocaram o filme "Simplesmente acontece". Que vontade de socar aquelas duas, minha vida resumida em um filme. Fiquei quietinha me empaturrando de brigadeiro e pipoca. Assim que o filme acabou, me despedi deles e fui deitar, mas antes fiz a minha rotina diária. Li a Bíblia, orei e fui mexer no celular. Assim que liguei, vi que tinham 3 ligações perdidas do Zac, e um SMS. Gente, em terra de whats app, quem manda SMS é quase um príncipe! Mas enfim, entrei e estava escrito "Não sei se isso é bom, ou ruim. Mas eu não paro de pensar em você, meu coração dispara sempre que estamos juntos. E eu juro, dessa vez não é brincadeira." Assim que terminei de ler, meu coração parecia que ia sair pela boca. Só senti a lágrima escorrendo e o sorriso se formando. Apertei o botão de responder e comecei a digitar... "Eu não sei se é bom ou ruim, mas eu também não paro de pensar em você. E sim, também estou falando sério". Assim que terminei de escrever e enviar, apareceu que a mensagem havia sido lida. E ele disse, "Boa noite, minha linda ❤". Desliguei o celular e fui dormir. Dormir com o sorriso mais sincero do mundo, e a esperança de que um dia, a gente ainda vai dar certo. 

Yeeeeeeeeeeeeae meus amores, tudo bom com você? Eu espero que sim. Eu tô bem, graças a Deus. Peço desculpa pra vocês, várias coisas aconteceram comigo, e sabe quando a imaginação vai procurar espaço? Foi isso que aconteceu comigo. Mas bom, voltei com a empolgação de postar e espero que vocês gostem desse capítulo! Gente, peço pra estarem comentando, me falando o que estão achando dá Fic. É importante demais pra um escritor, saber o que estão achando dá sua história. Isso também tem tudo haver com a motivação... Bom, até a próxima galerinha, amo vocês ❤ 

domingo, 14 de agosto de 2016

Capitulo 7 {Eu não vou vacilar}

No capitulo anterior...

"-Eu esqueci que teria que ver seu irmão todos os dias.
Ash: Relaxa que ele não morde. Só late!-Rimos e ficamos conversando até que Manu e Jô se juntaram a nós. Taylor foi conversar com os garotos que lhe fizeram companhia na festa da Lary! Depois de um tempo pude ver Zachary caminhando em nossa direção. Pensei que ele viria falar com a irmã mas me enganei! 
Zac: Vanessa... A gente pode conversar?"

-Eu não tenho absolutamente nada pra falar com você! 
Zac: Por favor, eu preciso muito!-Ele disse suplicando com aqueles olhinhos azuis que conseguiam deixar pessoas viajando por horas!-Eu não mordo não! 
-Tenho minhas dúvidas!-Disse arqueando uma de minhas sobrancelhas e ele sorriu de canto!-Você tem cinco minutos!- Disse me virando e caminhando até um lugar mais sossegado.-Fala!- Disse enquanto me virava de frente pra ele! Ele suspirou e começou! 
Zac: Nessa
-Ihh, lá vem..  
Zac: Eu vou poder falar? 
-Queria muito poder dizer que não!-Ele revirou os olhos!-Anda logo meu filho, seus cinco minutos tão encerrando! 
Zac: Bom, eu tava pensando... 
-Ah, você pensa?



Zac: VANESSA, DEIXA EU FALAR!-Eu ri e ele continuou- Como eu dizia, eu andei pensando que ficar agindo que nem cão e gato não leva ninguém a lugar nenhum! Não queria ficar brigando com você! Ser tipo um inimigo sabe? Eu sei que errei muito com você, reconheço isso! Mas será que não dava pra gente pelo menos tentar se entender? Como amigos sabe? Ou colegas de faculdade... O que não dá é ficar brigando 24 horas como se fôssemos inimigos mortais! Vamos tentar agir como pessoas normais! 
-Tá me chamando de anormal?-Disse só pra implicar! 
Zac: Não, lógico que não! Ah, entendeu o que eu quis dizer né? Você é melhor amiga da minha irmã, vou ter que te ver todos os dias. E não quero fazer isso sabendo que no fundo você quer me matar! Vamos nos conhecer de novo e tentar construir uma boa convivência entre nós! Dessa vez sem mentiras e nem piadas de mal gosto, sem falsidade e nenhum tipo de ofensa! Quero descobrir o seu lado amiga que a minha mentira impediu que eu um dia conhecesse! E então, o que você me diz?-Eu realmente estava impactada com tudo aquilo que tinha acabado de ouvir! Nunca pensei que Zachary poderia um dia ser tão meigo e sincero como agora... Mas será que ele está sendo mesmo sincero?
-E como eu vou saber que você não está mentindo de novo pra mim? 
Zac: Eu pareço estar mentindo? 
-Você cursa artes cênicas, e é muito bom com mentiras desde pequeno! 
Zac: Me dá uma chance de provar que eu mudei! Você só vai saber se eu tô mentindo (o que não é verdade) se embarcar nessa comigo! Vai, por favor! Eu resolvi ter uma vida nova sabe? Largar a bebida, parar com a galinhagem! Me focar naquilo que realmente importa! 
-Ok!-Vi ele abrindo um sorriso enorme!
Zac: Sério que vai confiar em mim?-Ele disse com os olhinho brilhando! 
-Bom, eu acho que todos merecem uma segunda chance! Mas se vacilar, já era! 
Zac: Eu não vou vacilar!-Ele disse convicto de que não iria mesmo pisar na bola!-Então, vamos começar do zero! Vire de costas! 
-O que?-Disse sem entender nada! 
Zac: Vamos logo, Vanessa. Vire de costas!-Ainda um pouco desconfiada, me virei pra ver no que aquilo iria dar.-No três você desvira, ok?-Concordei com a cabeça e ele começou a contar.-Um, dois, três...-Me virei e ele estendeu a mão pra mim e começou a se apresentar.-Oi, eu sou o Zachary e estou cursando artes cênicas aqui. Prazer!-Comecei a rir e ele riu junto, mas resolvi entrar nessa maluquice também! 
-Oi, Zachary. Eu me chamo Vanessa, e vou cursar música aqui na faculdade. Prazer!-Estendi a mão de volta, e enfim nos cumprimentamos. Isso parecia loucura, mas resolvi realmente pagar pra ver no que dava! Ele cruzou meu braço com o dele e saiu me puxando de volta pra onde a galera tava! Quando estávamos chegando perto, Manoela arregalou um olho que por pouco não pulou pra fora! 
Manu: Meu Deus!-Ela dizia ainda boquiaberta! 
Zac: Gente, olha, encontrei a novata perdida pela faculdade! O nome dela é Vanessa, e ela vai cursar música! 
Ash: Endoidaram de vez!- Ela disse assustada!
Zac: Acabou de conhecer a menina e já tá chamando ela de louça Ashley? Cadê o respeito? 
Ash: Devo ter esquecido no mesmo lugar em que você esqueceu a noção! Que maluquice é essa?



-Não tem maluquice nenhuma! Eu e o Zac somos colegas de faculdade que acabaram de se conhecer! 
Ash: Mais e.. 
Zac: Não tem "mais", assim como nunca teve discussões, nunca teve namoro e nem nada do tipo! Ok? 
Ash: Ah, entendi! Vocês esqueceram tudo, acabaram de se conhecer? 
-Exatamente!-Disse rindo!
Ash: Gostei! Atitude madura de amabas as partes! 
Manu: Eu ainda não acredito nisso!-Ela disse fazendo uma cara engraçada, balançando a cabeça em negação!-Eu preciso de tempo pra processar essas novas informações! 
Jô: Terá todo tempo do mundo! Mas depois da aula!-Ela disse e em seguida o sinal bateu! 
Lary: Ê bocaaa! Kkk-Nos rimos e fomos cada um pra sua devida sala, afinal, estávamos cursando coisas diferentes! Na minha turma, porém ficaram, a Manu, a Demi, a Jô, a Miley, e o Luke, o tal namorado da Lary, garota pelo qual meu irmão supostamente está apaixonado! Os professores se apresentaram, e não deram aquele mole de primeiro dia de aula! Matéria atrás de matéria! As aulas foram produtivas e ao mesmo tempo cansativas! Na hora do intervalo, a galera saiu praticamente voando de dentro da sala, parecia que tinha alguma celebridade dentro da faculdade, mas era só a correria pra fila da lanchonete da qual eu teria que me acostumar! Los Angeles é tão diferente de onde eu morava! Não digo só pela cidade, mas pelas pessoas! Elas são mais agitadas, mais divertidas e tem pique de adolescente. Eu particularmente, prefiro ficar quietinha! Não sou muito esportiva, nunca fui! Mas já vi que morar nessa cidade, mudaria um pouco minha rotina de vida... Ou talvez, mudaria muito! Durante o intervalo eu fiquei dentro da sala, pensando em tudo o que mudou na minha vida em menos de um mês! Apartamento, L.A, faculdade, a Ashley... Parece loucura, ou talvez um sonho do qual eu não quero nunca acordar! Depois de um tempo a galera começou a voltar pra sala e o sinal tocou. Mais umas três horas de aulas, no mínimo! No final das aulas daquele primeiro dia, a galera se reuniu toda no estacionamento pra resolver onde iriam almoçar! Segundo eles era tradição sair pra almoçar no primeiro dia de aula! 
Ash: Eu voto Outback! 
Jô: Mas eu quero ir no Mac Donald's.-Ela disse fazendo cara de cachorro que caiu da mudança! 
Luke: Vai querer um Mac lanche feliz também?-Ele falou debochando dela! 
Jô: Eu gosto, tá?!-E revirou os olhos. 
Zac: Mac Donald's, então?-Todos votaram sim, e lá estávamos nos, a caminho do lugar onde o sanduíche é o melhor do mundo. Chegando lá, sentamos na mesa mais próxima da área descoberta, onde tinham umas crianças brincando no playground. 
Miley: Eu quero brincar.-Ela disse animada, dando pulinhos e batendo palmas! 
Corbin: Eu não sei se você percebeu, mas ali tem uma régua mostrando o tamanho permitido na entrada desse parquinho!-Ele falou olhando pra ela, que em seguida, mostrou a língua! 
Sterling: Verdade. E se for olhar por tamanho, só a Manoela é digna de entrar nesse playground. 
Manu: Cala a boca estilingue! 
Sterling: Ah, ridícula! Odeio esse apelido! 



Manu: E eu odeio que falem que sou baixinha! 
Ash: Mas amiga, você tem 1,53 de altura, supera!-Manu revirou os olhos e sentou na mesa. Fizemos os pedidos e começamos a conversar. Falamos de como foi o primeiro dia, sobre o que cada um estudou e sobre a cena que o meu irmão foi obrigado a contracenar com a Lary. Aposto que ele não reclamou nem um pouco! Achei que o Luke ficaria enciumado, mas por incrível que pareça ele agiu totalmente ao contrário! Dava risada e se mostrou super maduro em relação a isso! Assim que terminamos o almoço, fomos cada um para a sua devida casa. Quer dizer, a Ash foi pra minha casa, comigo! 
Ash: Amiga, porque você e o Zac inventaram aquela maluquice?-Ela perguntou quando nos já estávamos em nosso quarto. 
-Ah amiga, ele veio com um papo de que iria ter que me ver todos os dias, e que não queria viver como cão e gato. Que queria recomeçar do zero, com uma amizade sem falsidade, xingamentos e por aí vai.-Eu dizia enquanto tirava o sorvete do freezer pra fazer milkshake. 
Ash: E você?  
-Ele parecia bem sincero, então resolvi dar um voto de confiança! 
Ash: Já tem um tempo mesmo que ele tá querendo mudar. Parou até de beber! Graças a Deus! 
-Isso é ótimo amiga! 
Ash: Sim, muito! Mas mudando totalmente de assunto, precisa de açúcar nesse troço?-Ela disse fazendo uma cara de quem tava bem confusa. 
-Não, amiga.-Respondi dando risada da cara que ela fez!-Só o leite e o sorvete. Mas eu tava pensando em fazer um chantilly pra colocar em cima, o que você acha? 
Ash: Eu acho ótimo!-Ela disse e nós começamos a fazer. Aproveitamos bem aquela tarde, conversamos bastante e vimos vários filmes. Quando começou a anoitecer, Ash foi embora e um tempo depois a Manu bateu no meu apartamento. 
Manu: Você precisa ir lá no ap!-Ela disse assim que eu abri a porta e saiu me puxando! 
-Calma, eu preciso fechar a porta!-Assim fiz e ela me puxou outra vez. Chegando lá dei de cara com a Jô, que não tava com uma cara muito boa! 
Manu: Senta, que a bomba é grande!-Ela disse me empurrando pro sofá! 
-O que aconteceu? Porque tá com essa cara?-Eu disse perguntando pra Jô. 
Jô: Eu descobri uma coisa hoje à tarde! 
-Que coisa? Do que vocês estão falando? 
Jô: Drogas! 
***
Heeey, pessoas lindas do meu heart. Tudo bem como vocês? Eu realmente espero que sim! Bom, queria começar pedindo desculpas à vocês, essa semana eu fui mexer no blog e vi que tem mais de dois meses que eu não posto. Me perdoem, please! E depois de muitos pedidos, uns trezentos ''Lau, cadê o capitulo'', ''Lau posta, pelo amor'', ''LAURA EU VOU MATAR VOCÊ, ONDE TÁ O CAPITULO?'' kkkkk finalmente eu estou aqui! Espero muitíssimo, que vocês gostem e comentem o que estão achando! Ah meus amores, se quiserem que divulgue algo aqui, é só pedirem! Beijoos, amo vocês, e até breve! Obs: MORRAM DE AMORES POR ESSA GIF AÍ EM BAIXO! <3









domingo, 5 de junho de 2016

Capitulo 6 {Nunca diga nunca}

No capitulo anterior...

"Chegamos na área da piscina e podemos ver o que tava acontecendo. Pessoas estavam jogando cartas e parece que alguém trapaceou. O garotos que parecia o mais sóbrio de todos, entrou no meio pra parar a discussão e o que estava de costas e aparentemente bêbado virou de frente pra nós e eu não pude acreditar no que via... Era ele!" 

Nossos olhares se encontraram num misto de susto e emoção. Faz tanto tempo que não o vejo, ele está tão diferente. O cabelo cortado de um modo que se encaixava perfeitamente com ele, o corpo tá uma coisa de outro mundo. Meu Deus, porque ele tá tão gostoso? Mesmo com essas mudanças ele continuava igual em muitos aspectos, como as atitudes estúpidas em uma festa. Seus os olhos cor do céu me encaravam sem ao menos piscar, dava pra ver que ele estava tão surpreso quanto eu. Ele foi arredando para trás na tentativa de se afastar, fugindo da situação como sempre faz, mas mesmo assim não tirava os olhos de mim e eu já estava começando a ficar sem graça com isso. Até que por um pequeno descuido ele acabou se atrapalhando e caindo dentro da piscina!  
Taylor: Essa festa tá sendo mais interessante do que eu pensei!-Sussurrou eu meu ouvido rindo e saiu de perto de mim.
-Vem Manu, vamos sair daqui!-Falei puxando ela para um canto qualque da casa! Como eu conheço minha amiga muito bem, sei que ela estava prestes a começar uma série de perguntas das quais eu não estou afim de responder, e por isso mudei logo de assunto.-Amiga, você ainda tá querendo arrumar alguém pra dividir o apartamento com você?-Eu disse e ela arregalou os olhos pra mim. 
Manu: Você viu o que acabou de acontecer? 
-Lógico que eu vi, eu tava lá! Agora responde a minha pergunta porque eu não to nem um pouco interessada nesse outro assunto!-Falei e ela concordou. 
Manu: Sim, eu ainda estou querendo dividir o apartamento. O problema é conhecer alguém que queira!
-Amanhã nós podemos imprimir alguns anúncios e colar pelo bairro. O que você acha?-Ela abriu um sorriso e concordou. Deixei-a sozinha um segundo e fui atrás da Lary pra saber onde fica o banheiro. Mas como não a achei, resolvi encontrar por minha conta! Subi as escadas e fiquei procurando. Achei um quarto e entrei, vai que tem banheiro lá dentro! E não é que eu estava certa? E adivinha quem me sai lá de dentro?-Zachary, Zachary...-Pronunciei o nome dele calmamente e ele se assustou. Ele estava sem camisa e se enchugava enquanto me encarava.
Zac: Vanessa? Quanto tempo não é mesmo?
-Sim, é você continua o mesmo traste de sempre né?! 
Zac: Ih, que maneira educada de falar com as pessoas em? 
-Quem disse que você é uma pessoa? 
Zac: E eu sou o que então?



-Um cachorro, traste, vagabundo.-Eu dizia enquanto jogava as almofadas da cama nele e ele correu pro banheiro e se trancou lá dentro.-Sai daí, eu preciso usar o banheiro! 
Zac: Vai continuar tentando me matar?-Ele gritou de dentro do banheiro e eu revirei os olhos. 
-Eu não to tentando te matar, vaza daí.-Ele abriu a porta devagar e colocou a cabeça pra fora me olhando de cima a baixo.-O que você tá fazendo? 
Zac: Conferindo pra ver se você não tem alguma arma escondida.-Puxei a mão dele e arranquei o mesmo do banheiro entrando lá dentro e trancando a porta. Fiquei enrolando lá dentro esperando que ele fosse embora pra sair depois. O silêncio reinava naquele quarto e eu convencida disso levantei do chão e caminhei até a porta, quando ouvi um "você não pode ficar trancada aí a noite toda", bosta, ele ainda tava aqui!-Vai embora Zachary! 
Zac: Depois que você sair pra gente conversar. 
-Eu não tenho nada pra conversar com você! 
Zac: Ah, você tem sim! Abre essa porta por favor.-Respirei fundo e abri a porta! 
-O que você quer? 
Zac: Explicar o que aconteceu 8 anos atrás! 
-Pelo amor de Deus, eu não quero mais saber disso! Eu não queria nem te ver! Nem sei porque to aqui falando com você, tchau!-Já ia saindo quando ele agarrou meu braço e me virou de frente pra ele.
Zac: Você tá tão linda-Ele disse me encarando com aqueles olhos azuis que faziam qualquer uma se derreter e dando um sorriso de lado que se eu não tivesse em sã consciência obrigaria ele a me beijar.
-Ah, mas eu não era a nerdzinha magricela que se achava bonita usando aparelho e que você sentia nojo? 
Zac: Eu já disse que eu posso explicar!
-Me solta Zac!-Eu disse ainda sem tirar os olhos do seus. 
Zac: Olha só, me chamando pelo apelido pela primeira vez, que evolução! Bem que dizem que ninguém resiste aos encantos de Zac Efron-Virei a mão na cara dele e me soltei. 
-Você ta achando que eu sou o que? Uma dessas vagabundas que você usa e quando enjoa joga fora? 
Zac: Querida, garotas dariam tudo pra estar no seu lugar agora, devia valorizar isso em! 
-Vá a merda, Zachary!-Sai do quarto e pude ouvir um "a gente ainda vai conversar em". Quando cheguei lá em baixo a Manu só faltou cantar aleluia. 
Manu: Teve uma infecção alimentar pra ficar tanto tempo dentro do banheiro? 
-Eu tava com o Zachary! 
Manu: NO BANHEIRO? 
-Para de gritar sua loca!-Eu pude ver ele descendo as escadas e ouvindo o grito da Manu, percebeu que o assunto era ele, olhou pra gente e sorriu! Idiota!-Lógico que eu não tava no banheiro com ele, tava no quarto! 
Manu: Você só tá piorando a situação!-Revirei os olhos e comecei a explicar.
-Eu sai daqui e fui atrás da Lary pra saber onde era o banheiro, mas não a encontrei. Aí eu fui procurar sozinha e achei uma suite, entrei e ele saiu de dentro do banheiro! 
Manu: E aí?-Ela perguntou curiosa e assustada ao mesmo tempo. 
-Aí ele começou a falar que eu era linda e que não resistiria aos encantos dele, aí eu enfiei a mão na cara dele e ele disse que a gente ainda vai conversar sobre aquele dia! 
Manu: O que ele disse? Que quer se explicar? Típico de garotos que aprontam!
-Sim, foi exatamente isso! O que ele fez não tem explicação.
Manu: Sim, eu sei!-Ela disse e fez um olhar triste.-Por causa daquilo, você nunca mais se envolveu com ninguém né? 
-Sim! Já sofri muito com essa coisa de amor, não quero saber de homem tão cedo. 
Manu: Você fala isso a 8 anos... 
-E vou falar quantas vezes forem necessárias, não quero saber de homem até que Deus mande a pessoa certa pra mim! 
Manu: Okay, okay! Eu entendo. Não concordo, mas entendo!-Ela disse e eu sorri. Depois de um tempo vi a Stella vindo até mim com os olhos arregalados. 
-O que foi menina? 
Stella: Ou eu to ficando doida, ou eu vi o teu ex! 
-Você não tá ficando doida, é ele mesmo! 
Manu: Como você se lembrou dele? Você era tão pequena na época que eles namoraram! 
Stella: Lembra do menino que a Lary disse que viria? 
-Sim, o que tem ele? É gato?
Stella: É irmão do teu ex! 
-O Dylan? Ele tá aí? Aquele garoto é um amor. 
Manu: Mas como você descobriu isso Stella? 
Stella: Ah, nós estavamos conversando e ele disse que tinha um irmão chamado Zachary, e na hora me veio o nome na cabeça. Aí eu pedi pra ir conhece-lo só pra ver se era quem eu tava pensando. Aí ele disse "Ah, você a irmã mais nova da Vanessa né, é a cara dela!" 
Manu: Aí você sacou né? 
Stella: Sim, mas maninha, porque você nunca me disse que ele era tão gostoso? 
Manu: Vai por mim, ele não era! Sempre teve os olhos azuis mais bonitos do mundo, mas não era gostoso assim! Com todo respeito viu amiga!-Ela disse rindo da minha cara. Porque todo mundo ainda acha que eu gosto dele?
(Ignorem a fala na gif, foquem apenas na Manu)

-Que respeito? Não tenho nada com ele, fale o que quiser! Bom, acho que essa festa já deu o que tinha que dar né? Vamos embora? 
Stella, Manu: Vamos!
Xx: Espera aí que vocês não vão antes de me passar o celular, telefone de casa e endereço!-Ash apareceu atrás da gente intimando tudo isso! Junto com ela estava a Lary e mais algumas garotas! 
Lary: Vocês já vão? Mas tá cedo!
Manu: Nós temos que ir, ainda estamos organizando algumas coisas nos apartamentos. 
Lary: Imagino a correria que vocês devem estar. 
-Pois é, pior que estamos! Stella, vai lá chamar o Taylor pra gente ir embora!-Ela concordou e saiu logo em seguida. 
Ash: Bom, deixa eu apresentar as meninas! Essas são Monique, Nina, Jordanna, Demi e nossa caçulinha, a Miley! 
Miley: Parem de falar como seu fosse um bebê!-Ela disse revirando os belos olhos azuis.-Prazer meninas!-Ela disse simpática e logo em seguida todas as outras meninas nós cumprimentaram também! Vi o Taylor voltando com a Stella e resolvi me despedir. 
-Bom, tenho que ir meninas. Tenho certeza que nos veremos muito lá na faculdade.-Sorri e elas retribuiram! 
Ash: Tchau amigas lindas- Ela veio abraçando eu e a Manu ao mesmo tempo e sussurou no meio de nós duas "Você viu ele né? Quero detalhes amanhã as 2 da tarde no shopping! Amo vocês!". Nós rimos, nos soltamos, despedimos do resto das meninas e fomos embora. Chegando no prédio, peguei umas roupas e fui pro Ap da Manu. Eu resolvi dormir lá pois iriamos acordar cedo para fazer e espalhar os anúncios do aluguel do quarto. Assim que chegamos, fizemos um brigadeiro e fomos procurar um filme pra assistir. 
Manu: Simplismente Acontece!-Ela disse alegrinha assim que viu o filme no telecine. 
-Ah, não! Esse filme me faz chorar amiga!-Ela fechou a cara e mudou de canal. 
Manu: A culpa é das estrelas! 
-A culpa vai ser sua se eu começar a chorar.-Revirando os olhos ela continuou trocando os canais e achamos "Nemo" passando na Disney. Ela sorriu com a minha animação e continuamos comendo. Depois de uns 10 minutos de filme a Manu colocou no mute e eu realmente não entendi porque.-Eii, eu estou assistindo!-Reclamei e ela desligou a tv.-Manoela!  
Manu: Eu não vou conseguir me concentrar em algo enquanto você não esclarecer minhas duvidas!    
-O que você quer saber?-Pergutei enchendo a colher de brigadeiro! 
Manu: Você ainda gosta dele? 
-Lógico que não Manu! Acha mesmo que eu ia gostar dele depois de tudo o que ele me fez? 
Manu: Uai, não sei! Você não ficou nem um pouco mexida quando viu ele? 
-Confusa seria a palavra certa! Poxa, eu não o via desde aquele dia. Foi estranho ver ele depois de tanto tempo! Eu realmente não esperava encontra-lo tão cedo! 
Manu: Pelo visto você vai vê-lo muito. Ele vai estar na mesma faculdade que você!  
-Eu sei, eu sei! Mas isso não significa que terei que conversar com ele... 
Manu: Mas e se ele tiver mesmo uma explicação? 
-Você tá do lado de quem?
Manu: Não tem lado da Vanessa! O que ele fez com você não se faz com ninguém. Mas acontece que todos tem uma chance de se explicar. Só escuta o que ele tem a dizer, porque eu sei que no fundo, você espera uma explicação! 
-Tá, que seja! Agora para de colocar minhocas na minha cabeça e liga a tv porque eu quero ver a Dory! 
Manu: Sim senhora!-Nós rimos e terminamos assistir o filme. No outro dia de manhã eu acordei bem tarde devido ao tempo que ficamos acordadas assistindo o filme. Arrumei a mesa do café e enquanto a gente comia, ficamos fazendo rascunhos em um caderno qualquer de como ficaria o anúncio. Logo depois fomos para a impressora! Depois de pronto, passamos para o pen-drive, descemos até uma lojinha que tinha perto do prédio e fizemos várias copias! 
Manu: Eu vou colar nos quadros de anúncios daquelas lojinhas ali e você coloca nos quadros das padarias! Nos encontamos aqui em 20 minutos.-Dividimos os papeis entre nos duas, e fomos cada uma para um lado! No tempo marcado nos encontramos em frente a lojinha e fomos pra casa! 
Manu: O que vamos fazer de almoço? 
-Bom, já são uma da tarde! A Ash disse nos queria no shopping as duas! A gente pode ir agora pra almoçar, e depois esperarmos por ela! O que acha? 
Manu: Pode ser-Ela concordou e assim fizemos. Almoçamos no Outback e fomos comprar milk-shake depois. Ficamos andando no shopping por um tempo até que Ash nos mandou mensagem dizendo onde estava. Fomos até o seu encontro e começamos nossa sessão de compras. Depois de um tempo sentamos em um dos bancos e fomos conversar. 
Ash: Diga-me, o que aconteceu entre você e o meu irmão ontem?-Contei tudo a ela com os mínimos detalhes e riu.-Ele é o maior galinha que eu já conheci! Sempre foi assim, fica com várias ao mesmo tempo. Mas você foi a única que ele namorou. 
-Aquilo não pode ser chamado de namoro! 
Ash: É claro que pode! Deve ser chamado assim! Apesar das circunstâncias, vocês namoraram por um bom tempo! E... Ele nunca mais se envolveu sério com ninguém! 
-Aquele namoro era uma aposta, tudo o que aconteceu não passou de uma grande ilusão! 
Ash: Ele ficou balançado quando viu você!-Ela disse me olhando.-Ele não esperava te ver! 
-Eu também não esperava vê-lo! Na verdade, nunca mais na minha vida! 
Manu: É aquele ditado do "Nunca diga nunca". 
Ash: Exatamente! E bom, ele disse que quer conversar... Você vai ouvi-lo? 
-Não sei amiga! Pra quê ele quer conversar? 
Ash: As vezes ele quer ter a chance de se explicar! 
-O que ele fez não tem explicação! 
Ash: Amiga, eu te amo muito, mas ele ainda continua sendo o meu irmão. E conhecendo-o bem como eu conheço, sei que ele só quer conversar! O Zac não é um bicho de sete cabeças, ele não vai te matar enquanto conversam! E não digo isso só por ser irmã dele, mas digo, porque todos nós merecemos a chance de nos explicar! 
Manu: Eu disse isso pra ela ontem, mas pergunta se adiantou?-Ela disse revirando os olhos. 
-Olha, eu prometo que vou pensar no caso, okay? 
Manu: Okay! Mas agora me diz, como teu irmão ficou tão gostoso? 
Ash: Uma coisa chamada tempo fez muito bem a ele!-Ficamos mais um tempo conversando e fomos cada uma pra sua devida casa. Era sábado de manhã, uma semana havia se passado e faltavam dois dias para o começo das aulas, mais tarde Manu foi ao meu Ap toda alegrinha dizendo ter recebido uma ligação de uma pessoa que queria visitar o seu apartamento. 
-A pessoa não disse o nome? 
Manu: Na verdade não, eu sei que é uma mulher. Eu estava tão empolgada que acabei esquecendo de perguntar. 
-É, eu imagino.-Disse rindo enquanto guardava as louças que havia acabado de lavar.-Bom, ela disse que hora viria? 
Manu: Já deve estar chegando! Vamos comigo? 
-Claro, você mora tão longe né?-Rimos e fomos pro ap dela. 5 minutos se passaram até que o interfone tocou! O porteiro disse que era uma moça querendo olhar o apartamento e então a Manu autorizou a entrada dela. Passaram-se mais uns dois minutos e a campainha tocou.-Manoela, se acalma!- Eu ri enquanto ela abria a porta saltitando! 
Manu: Oi-Ela disse alegre pra bela moça que estava do outro lado da porta. Sorridente ela respondeu-lhe e perguntou se era ali mesmo que estava alugando o quarto.-Sim, é aqui mesmo! Qual o seu nome? 
Xx: É Jordanna, mas pode chamar de Jô. Muito prazer!-Ela disse sorrindo. 
-Eu tenho a impressão que já te conheço... 
Jô: É Vanessa né? 
-Sim, de onde nos conhecemos? Ah, pera... Festa da Lary! Não é isso? 
Jô: Sim, isso mesmo! Vocês são as amigas da Ash! Ai que bom! Estava um pouco receosa em saber com quem iria dividir o apartamento!-Ela disse e nos rimos. 



Manu: Sim, confesso que no fundo eu também estava! Bom, vou te mostrar o apartamento.-Fomos a cada canto daquele ap, e realmente ele era grande pra uma pessoa só! 
-Você também é nova na cidade Jô? 
Jô: Não, já sou veterana na faculdade! Moro com os meus pais, e estava querendo mudar sabe? 
-Sim, entendo! E bom, você estará fazendo companhia a Manu, assim não vou precisar mais vir o tempo todo! 
Manu: Ah, você vai sim! Não pense que porque vou ter uma  colega de apartamento vou parar de te encher o saco!-Ela disse sorrindo e me abraçando de lado! A Jô riu e perguntou quando poderia trazer suas coisas! 
Manu: Vai mesmo ficar?-Ela perguntou alegre! 
Jô: Sim, adorei o apartamento! Ele é bem grande, e bom, vou adorar morar com você e ter a Vanessa de vizinha né?-Disse sorrido. 
-Nós também vamos adorar ter você aqui no prédio!-Conversamos mais um tempo e ela foi embora.-Feliz?-Perguntei a ela enquanto me jogava no sofá! 
Manu: Muito, muito! Ainda mais por ser alguém que a gente já conheceu né? 
-Sim, verdade! Bom, eu tenho que ir amiga! Tenho que fazer janta pra Stella. Amanhã eu venho pra ajudar você a Jô aqui no ap. 
Manu: Okay amiga!-Nos despedimos e eu fui embora. Mais dois dias se passaram e finalmente era o primeiro dia de aula! Estava super animada, sempre gostei de estudar e agora não seria diferente. Eu e Taylor combinamos de deixarmos a Stella na escola e irmos direto depois, Manu e Jô resolveram ir conosco e descemos todas juntas. Taylor já nos esperava lá fora, pois havia decidi antes pra tirar o carro do estacionamento. 
Taylor: Vão me parar na rua pra saber porque eu to com tanta mulher dentro de um carro!-Nos rimos e entramos. Seguimos o esquema planejado antes de sairmos de casa e deixamos a Stella na escola. Logo depois fomos direto para a faculdade. A entrada era toda gramada e o estacionamento era enorme. Taylor seguiu pra lá e logo avistei Ashley pulando feito doida do carro da frente. 
-Amigaaa!-Sai do carro e corri em sua direção a abraçando!
Ash: Quem vê pensa que a gente não se fala a uns 10 anos! 
-Bom, nos ficamos 8, então deixa que pensem!-Rimos e continuamos abraçadas. Assim que nos soltamos vi Zachary sair do carro da frente!-Eu esqueci que teria que ver seu irmão todos os dias.
Ash: Relaxa que ele não morde. Só late!-Rimos e ficamos conversando até que Manu e Jô se juntaram a nós. Taylor foi conversar com os garotos que lhe fizeram companhia na festa da Lary! Depois de um tempo pude ver Zachary caminhando em nossa direção. Pensei que ele viria falar com a irmã mas me enganei! 
Zac: Vanessa... A gente pode conversar?
***
Hey, pessoas lindas do meu heart! Essa fala já ta ficando sem graça, preciso arrumar outra pra falar com vocês kkk comentem aí alguma pra eu falar no próximo capitulo! Gente, voltei rápido dessa vez né? (TO AQUI PORQUE A XARÁ EMPLOROU! Disse que eu ia falar né  dona Laura? Kkkk) Bom, espero que gostem do capitulo, digam o que vocês acharam e se puderem, por favor galera, indiquem essa historia pra alguém que vocês conheçam. Sejam amigas, parentes ou até mesmo escritoras de outras fics. Eu gostaria de ter opniões de outras escritoras aqui né! Enfim, é isso.. Amo você meus amores ♥️








 

terça-feira, 31 de maio de 2016

Capitulo 5 {Arena de hóquei}

No capitulo anterior... 


''Xx: Ahhh-Assustada e aparentemente com as pernas bambas a moça que atravessava a rua caiu assentada na mesma.
-Olha o que você fez!-Disse enquanto abria a porta e caminhava até a garota sentindo a presença de meu irmão atrás de mim.
Taylor: Ô moça, você não olha pra onde anda não?"


Xx: Você tenta me atropelar e ainda vem gritar comigo? Deixa de ser idiota! 
Taylor: Eu não tentei te atropelar garota, você que não olha pros lados! 
Xx: E você pelo visto não olha pra frente! 



Manu: Você tá bem menina? Qual o seu nome? 
Xx: Sim, eu to bem! Me chamo Laryssa... Laryssa Crawford! 
Stella: Você é irmã do Chace? 
Lary: Simm, você o conhece? 
Stella: Eu não, mas já ouvi falar da sua família na tv. Seu pai é cheio da grana! 
-STELLA! 
Stella: O quê? É verdade! 
Taylor: Bom, me desculpe pelo "quase atropelamento", já que você está bem a gente já vai indo né? 
Manu: Mas já? 
Taylor: Quer ficar fazendo o que no meio da rua Manoela? E além disso, não era você que tava reclamando por estar com fome? 
Manu: Grande diferença ficar aqui ou no carro, vamos ficar que nem baratas tontas caçando um lugar pra comer mesmo! 
Lary: Vocês são novos na cidade né? 
-Sim, como você sabe? 
Lary: Por estarem procurando lugares pra comer, o que mais tem aqui são restaurantes. E bom, ninguém costuma atropelar pessoas assim... Por isso conclui que sejam novos por aqui! 
Manu: Ah, sim! 
Lary: De onde vieram? 
-Salinas, nossa cidade natal! 
Lary: E vieram pra L.A pra trabalho ou algo do tipo? 
Taylor: Você é do FBI? Tem quase cinco minutos que está fazendo perguntas! 
Lary: Só sou curiosa!-A menina sorriu pra ele e eu pude reparar a troca de olhares!- Mas então, me digam, vieram trabalhar? 
Manu: Não. Nos viemos para fazer faculdade, e buscar uma visão de vida melhor né! 
Lary: AH, ERA ISSO QUE EU QUERIA SABER! Vocês vão pra Faculdade da Califórnia? 
-Sim, porque?
Lary: Sou de lá também-Ela disse alegre e sorridente!- E bom, resolvi junto com os outros veteranos fazermos uma festa para os novatos! Vai ser sexta a noite na minha casa! Me passa o whats de vocês que eu mando o endereço pra vocês depois!-Passei o meu número pra ela e nos despedimos. Entramos no carro e meu irmão estava todo alegrinho!-Porque essa felicidade toda?
Taylor: E você ainda pergunta? Festa, Vanessa!
-Stella: Ta assim por causa da festa, ou da mocinha? Tu pensa que a gente não viu aqueles olhares não né? 
Taylor: Que olhares? Affff, cala essa boca Stella! Você não sabe de nada. 
Stella: Okay, okay-Ela falava enquanto ria da cara do Taylor, todas tinhamos visto aqueles olhares, mas ele insistia em negar! Arrumamos um lugar para almoçar e fomos dar uma volta pela cidade, realmente Los Angeles é enorme e tem bastante restaurante como a Laryssa disse! Assim que voltamos pra casa começamos a arrumar tudo, a Manu foi lá pra ajudar a gente e logo depois nós fomos lá no AP dela ajuda-lá também. Era quarta-feira a noite e ainda estávamos ajeitando os detalhes do novo apartamento, fizemos umas comprinhas de decoração já que não tínhamos nada pra enfeitar. A Manu ainda conseguiu umas coisas da mãe dela antes de mudarmos pra cá, mas mesmo assim não era o bastante, o AP era enorme. Assim que voltamos pro prédio recebi uma ligação de um número restrito, mas resolvi atender mesmo assim! 
~Ligação on
-Alô?-Falei receosa. Eu nunca atendia numeros restritos, só aqueles que tinham o nome salvo no meu celular. 
Xx: Oii, aqui é a Laryssa! Eu esqueci de perguntar o seu nome quando nos conhecemos, desculpa! 
-Não tem problema, é Vanessa-Fiquei mais tranquila quando soube que era a Lary, e abri um sorriso quando pensei na possibilidade de ela ter ligado pra falar da festa. Mas por qual outro motivo ela ligaria, não é mesmo? O Taylor estranhou o sorriso no meu rosto, mas resolveu não se manifestar. 
Lary: Olha Vanessa, me desculpa. Eu sei que falei que mandaria mensagem mas achei melhor ligar, afinal, eu nem sabia o seu nome pra salvar o contato. Mas enfim, liguei pra avisar que a festa ainda está de pé! Vocês viram né? 
-Sim, nós vamos. Com certeza! 
Lary: Ah, que ótimo! Vai ser bom pra vocês já irem se enturmando com o pessoal lá da faculdade. 
-Verdade! Nós adoramos o convite viu? 
Lary: Quê isso, será um prazer ter vocês aqui! Bom, o endereço é xxxxxxx, será as 19:00 horas. 
-Okay, Lary!-Assim que disse o nome, os olhinhos de Taylor brilharam! Sim, ele ainda me observava curioso.-Muito obrigada viu? Estáremos aí na sexta a noite! 
Lary: Não precisa agradecer. É como eu disse, será um prazer! Espero vocês... Beijos! 
-Beijos, até mais! 
~Ligação off
Taylor: O que ela queria? 
-Falar da festa, o que mais seria? 
Taylor: Ela poderia falar que quebrou a perna e tava mandando a receita pra eu pagar os remédios. 
-Engraçadinho você em! Ela disse que não se machucou. Para de graça! 
Taylor: Onde é o lugar da festa? 
-Na casa dela!-Ele fez uma cara de bunda e eu ri! 
Taylor: Não tem graça! 
-Fica perto do Studio City!-Falei o nome da rua certinho e descemos do carro! Sim, estávamos dentro do estacionamento falando no celular! Manu já tinha subido com a Stella mas o Taylor instiu em ficar lá! 
Taylor: Olha como estamos bem, só estamos na cidade a dois dias e já temos uma festa! 
-Verdade, estamos muito bem!-Falei brincalhona enquando abria a porta do apartamento!
Taylor: Tomara que a galera seja legal! 
-MANOELA-Entrei chamando-a e o Taylor soltou um palavrão por ter gritando no ouvido dele. Ela veio correndo feito doida com uma colher na mão e os olhos arregalados. 
Manu: O que foi?-Ela perguntou assustada. 
-A festa será as 19:00 na sexta, ou seja, temos menos de 48 horas para achar uma roupa descente pra irmos! 
Manu: Shopping amanhã? 
-Você ainda tem duvidas?
Taylor: Pra quê comprar roupa pra ir numa festa? Vocês são lotadas de roupas! 
Manu: Mas já usamos todas! 
Taylor: Mas ninguém aqui viu vocês com aquelas roupas, estão em outra cidade lembra? 
Manu: Dane-se, vamos comprar roupas novas! 
Taylor: Tá né... 
-Que cheiro é esse? 
Manu: Ai meu Deus, meu brigadeiro!-Ela arregalou os olhos e correu pra cozinha. Eu ri e fui atrás dela!-Queimou tudo amiga!-Ela disse desapontada e com raiva. 
-Joga fora e faz outro! Ou você vai comer queimado? 
Manu: Tudo culpa sua! Não sei pra quê dar um grito daquele jeito!-Ela dizia enquanto virava tudo no lixo. 
-Eu gritei porque era uma coisa importante! 
Manu: Agora você faz também! Cansei de mexer essa panela.-Ela disse e foi se sentar no banquinho atrás da bancada. Peguei os ingredientes e comecei a coloca-los dentro da panela, a Manu tava calada, encarava o chão sem ao menos piscar os olhos. Até que resolveu se pronunciar.-Amiga...
-Sim? 
Manu: Você tem falado com a Ash?-Ela disse ainda pensativa. 
-Não, com o passar do tempo a gente acabou perdendo o contato! Porque? 
Manu: Já pensou que a gente pode encontrar ela aqui? Tipo, na rua! 
-Sim, eu pensei nessa possibilidade! Ia ser demais né?-Perguntei sorrindo e ela sorriu também! 
Manu: To morrendo de saudade dela! 
-Eu também-Sorri-STELLA! 
Taylor: PARA DE GRITAR CACETE!-Ele entrou na cozinha e eu e a Manu começamos a rir. -Não tem graça. Nós temos vizinhos sabia? 
Manu: Sim, eu sou a vizinha! 
Taylor: Mas mesmo assim! Para de gritar porque eu não sou obrigado e meu ouvido muito menos.-Continuamos a rir e ele sorriu também. 
Stella: O que foi?-Ela entrou na cozinha! 
-O brigadeiro tá pronto!
Stella: Vocês vão no shopping amanhã né? 
-Sim!   
Stella: Posso ir junto?-Ela fez cara de cachorro que caiu da mudança e a gente riu! 
Manu: Claro que pode meu bem! 
Stella: Hoje eu conversei com a menina do andar de cima. Ela é bem legal! 
-Que ótimo, vou conversar com a mãe dela amanhã pra ver se você pode ficar lá. 
Stella: Já imaginava que não ia mesmo poder ir pra festa.-Fez uma carinha triste. 
-Bom, vou conversar com a Lary pra ver se você pode ir! 
Stella: Já disse que eu te amo Nessa?




-É, eu sei! Todos me amam!-Rimos e comemos o brigadeiro. No dia seguinte levantamos cedo pra irmos todos aos supermercado. O que tinhamos, comemos ontem, e mesmo assim eram só coisas basicas da padaria. Manu foi com a gente, afinal, ela também estava sem nada em casa. Compramos tudo o que vimos na nossa frente, de coisas nutritivas ás mais belas besteiras. Assim que acabamos, fomos para os apartamentos descarregar tudo e logo depois o Taylor deixou a gente no shopping. Fomos em todas as lojas possíveis dentro daquele shopping! Paramos porque a Stella já não aguentava mais andar e estavámos todas mortas de fome!
Manu: Stella, você fica aqui segurando a mesa que eu e a Nessa vamos lá comprar os lanches!
Stella: Okay! Eu quero um... 
Nessa, Manu: Big Mac-Dissemos e ela sorriu! 
Manu: Seu sanduíche preferido! 
-Vamos logo que a fila do Mac é gigante!-Compramos os lanches, e logo depois de devorá-los fomos até uma sorveteria! Pedimos nossos sorvetes e voltamos pro prédio! 
Taylor: Até que enfim! Pensei que ia comprar o shopping inteiro! 
-A gente nem demorou tanto tá?-Eu disse revirando os olhos. 
Taylor: São 16:00 horas Vanessa! Eu deixei vocês lá eram 10 da manhã! 
Manu: Muito pouco comparado ao tempo que a gente costumava ficar! 
Taylor: Verdade, desde o tempo da Ashley vocês não demoram tanto no shopping. 
Stella: Hoje elas resolveram demorar, pra compensar o tempo perdido.-Ela disse brincalhona.
Taylor: Sei-Ele riu e nos ajudou a carregar as sacolas pro quarto. Assim que terminei de arrumar minhas roupas, fui pro AP da Manu ajuda-lá a levar suas compras. A noite passou e finalmente chegou a tão esperada sexta-feira! 
-É hojeeeee!-Disse animada e saltitante pela casa enquanto o meu irmão ria da minha cara! 
Taylor: Parece que tem cinco anos.-Ele continuo rindo e balançando a cabeça em negação. 
Stella: Vanessa, você olhou com a Lary se eu vou poder ir?-Arregalei os olhos e a encarei. 
-Eu esqueci totalmente disso! Desculpa maninha, vou ligar agora!-Peguei o celular correndo e liguei pra Lary. Poxa, não queria magoar minha irmã, cagada viu! Assim que ela atendeu e foi super simpatica como sempre, disse que não haveria o menor problema em levar minha irmã caçula.-Ela disse que você pode ir, que vai ter um irmão de um amigo dela que vai também! 
Stella: Uhm, será que ele é interessante? 
Taylor: Vai ser interessante o castigo que eu vou te colocar se me aprontar alguma essa festa. Você é nova demais pra achar garotos "interessantes". Vai estudar!-Eu e a Stella caímos na gargalhada e subimos pra escolher uma roupa pra ela ir. Na hora do almoço a Manu veio aqui me ajudar com a comida. Assim que terminamos, fomos pro apartamento dela pra começar a sessão "salão domiciliar". Era maquiagem pra todo lado, roupas e acessórios de cabelo também faziam parte desse pacote! As 18:00 horas terminamos tudo, só faltava enfiar a roupa e calçar o sapato! Eu e a Stella esperamos a Manu se vestir e assim já iríamos todas pro nosso ponto de partida, o meu apartamento. Assim que chegamos lá o Taylor ainda tava jogado no sofá cochilando. 
-TAYLOR-Eu gritei e ele acabou caindo de tanto susto. Ele me olhou com uma cara de "eu vou te matar" mas eu me manti firme na bronca!-Você sabe que horas são? 18:20! A festa é as 19:00! Faz favor de ir se arrumar!




Ele levantou do sofá ainda com aquela cara, me olhou no fundo dos olhos e disse "vá a merda". -Quanto amor pela minha pessoa!-Eu ri e ele seguiu pro banheiro! Eu e a Stella nos vestimos correndo e enfim, estavámos prontas! Assim que descemos, o meu irmão já nos esperava na sala.
Taylor: Eu sabia que ficaria pronto primeiro que vocês!-Fiz careta pra ele e fomos pro estacionamento! Com a ajuda do GPS mais lindo desse planeta, ficamos perdidos por mais ou menos 10 minutos! 
Manu: Eu acho que entra ali ó-Disse mostrando a direção da esquina do lado direito. E assim ele fez! E não é que ela estavá certa? Mais uns dois minutinhos e nós chegamos a casa dos Crawford's! 
Stella: Isso é uma casa ou uma arena de hóquei? Esse lugar é enorme! 
-Você não sai do meu lado em! Não vai se perder aí dentro!-Taylor riu e mandou eu desestressar. 
Manu: Vem gente, vamos entrar!-O trem é chique mesmo, até porteiro tem. Ele perguntou nossos nomes pra conferir na lista e adivinha... Não estavam lá! 
Porteiro: Sinto muito, mas vocês não podem entrar! 
-O que? Moço, o senhor não está entendendo, nós fomos convidados!-Disse inconformada e querendo voar nele! 
Porteiro: Não é o que diz a lista!-Peguei o telefone e liguei pra Lary! Tentativa inútil, até parece que nessa barulheira ela ouviria o celular tocar. Estavamós indo embora quando a Stella viu a Lary sair pra falar com o porteiro! 
Stella: Olha ela lá! 
Lary: Gente, onde vocês estão indo? A entrada é pra cá!-E apontou pro lado oposto ao nosso. 
Taylor: O seu porteiro disse que não podemos entrar!
Lary: É eu sei, esqueci de avisa-lo que vocês viriam! Me perdoem! Vim aqui fora justamente fazer isso. Bom, vamos entrar?-Ela saiu puxando a Manu pelo braço e a gente indo logo atrás! Assim que entramos, assustamos com tamanha beleza na casa! Ela era enorme e maravilhosa.-Venham vou apresenta-los á uns amigos!-Ela foi nos levando até a parte mais movimentada, que era onde fica a piscina. Chegando no lugar ela chamou os amigos dela para nos apresentar! Assim que a garota loira dos olhos cor de mel virou pra mim, eu não pude acreditar que estava mesmo ali, na minha frente. 
-ASH!- Nos abraçamos como nunca antes! A Manu entrou no abraço também e ficamos assim por uns dois minutos! Assim que nos soltamos fiquei sem graça pelo grito que havia dado! 
Ash: Ai meu Deus, que saudade que eu tava de vocês! 
Manu: E a gente de você! 
Lary: De onde vocês se conhecem?-Lary disso sorrindo e curiosa! 
Ash: Lembra que eu vim de Salinas?
Lary: Ah, sim! Elas são as famosas meninas de Salinas..-Ela disse rindo e todos riram também.
-Famosas? -Disse arqueando uma sobrancelha e sorrindo.
Xx: Na boca da Ash vocês são mais que isso. Bom, eu sou a Nina, muito prazer!-Ela disse estendendo a mão e muito simpática.
Manu,Nessa: Prazer-Dissemos sorrindo.
Nina: E esse garoto, que é?
-Meu irmão!
Lary: É o menino que tentou me atropelar...
Taylor: Eu já disse que eu não tentei te atropelar!
Xx: Se ela tá dizendo que tentou, é porque tentou!
Taylor: Desculpa, mas você não estava lá pra afirmar nada.
Lary: Luke, é verdade, foi só um acidente! To dizendo isso só pra irritar mesmo! Ele é gente boa!
Luke: Okay, desculpa cara! Bom, eu sou o Luke, namorado da Laryssa!-Ele estendeu a mão pro Taylor para se cumprimentarem. Eu pude ver o olhar cabisbaixo do meu irmão! Ele não esperava que a Lary tivesse namorado... Ele estendeu a mão de volta e se apresentou. A Lary pegou a Stella e levou pra um lugar lá em cima, onde tinham garotas da idade dela. Fomos pra uma espécie de barzinho, pegar uma bebida quando ouvimos uma gritaria. Parecia uma confusão, então a gente foi lá ver. A voz do garoto tava alta, parecia que tava bêbado. Chegamos na área da piscina e podemos ver o que tava acontecendo. Pessoas estavam jogando cartas e parece que alguém trapaceou. O garotos que parecia o mais sóbrio de todos, entrou no meio pra parar a discussão e o que estava de costas e aparentemente bêbado virou de frente pra nós e eu não pude acreditar no que via... Era ele!

***

Heeey pessoas lindas do meu heart, tudo bem com vocês? Sei que prometi ser mais presente, mas minha vida tá uma correria danada! Espero que entendam...
Fiz esse capitulo grandinho pra compensar! Espero que gostem! Amo vocês! ♥️